As chamadas imperecíveis

Postado por
Escritos, Poemas

adobestock_3932179

As chamadas imperecíveis

– Michael Anthony Lahue

Perto, aberto, esperto, o amor que procura
não obscurece, mas obedece às leis do universo

Quem procura o amor se encontra, mas não vê
se descobre desconfiado, desconhece desconsolado

O coração exibe a nudez do seu desejo,
e se reflete no espelho o seu corpo sensual
Ele exige a beleza escondida no sorriso
que se julgou, rompido e tão descontente

O lamento implacável do seu sonho esquecido,
no tecido rasgado de uma história riscada,
raspada pela raiva e vingança não alcança
a paixão que sumiu nas ondas do desespero

O amor que procura navegando no silêncio,
escuta as batidas de um outro coração,
as chamadas imperecíveis desgarrando no mar,
debaixo da lua, estranguladas nas algas carentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *