Tipo assim, tipo . . . (Michael Anthony Lahue)

Postado por
Crônicas, Escritos
WP Symposium Pro - Extensions Plugin
This demonstration has expired, please purchase a licence or uninstall the WP Symposium Pro Extensions plugin - get a valid licence code here.

Tipo assim, tipo . . .

Por Michael Anthony Lahue

Crônica, Tipo assim, tipo…, escrita por Michael Anthony Lahue, músico e compositor, sobre os dramas e babados de adolescente.

– Tipo assim, tipo… Sabe? Tipo, era assim… Sei lá… Agora não me lembro mais. Ai, você me fez esquecer. Como que era? Tipo… É, agora me lembro. Tipo… Ah, você já sabe do que estou falando. O que aconteceu com aquele cara, ontem. Sabe? Tipo…

– Quem!? Aquele bonitão que você conheceu na festa.

– É, ele. Mas você não vai acreditar. Tipo, ontem ele…

– Não te apresentei?? Te apresentei, sim. Lá no baile de formatura. Eu dancei com ele. Se lembra agora? Ele, o grandão, moreno, cabelo raspado. Foi ele.

– É, também acho. Então, o que é que tava falando? Sobre ele, né? Ontem à noite, pagou mico mesmo… Olha só, você não…vai…ac-re-di-tar. Tipo, assim… Lá na praça…

– Qual praça? Da prefeitura não. A praça onde todo mundo fica nos domingos à tarde, lá na avenida. Onde tem as fontes. Lá pra cima do banco.

– Qual banco? Banco Itaú. A minha agência, mesmo. Você já foi lá comigo.

– O que ele fez? Agora devo calar a boca. Tipo, ninguém te contou? Tipo…

– Ainda não? Não acredito. Todo mundo tá sabendo, já. Tipo assim, você é sempre a última a ficar sabendo dessas novidades. Um minutinho, o meu celular está tocando. Alô? Oi?

– É, sou eu.

– Não acrediiito. Nossa, amanhã você me conta tudo. Tá?

– Outro, tchau. Oi, voltei. Agora você sabe. Tipo lá… Peraí, minha mãe chegou. Olá mãe. Tudo bem? Então, olha, preciso ir agora. Mas pode me ligar mais tarde, tipo depois do almoço. A gente pode se encontrar lá na praça e te conto o resto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *